domingo, 2 de março de 2014

Simplicidade

Cada dia mais uma  certeza vai se apresentando na minha vida através das experiências e uma delas é a certeza de que a simplicidade trás com ela a felicidade.

Porém, tenho que admitir que a simplicidade não é tão simples e  concordo com Leonardo Da Vinci que a simplicidade é o mais alto nível da sofisticação!

Para viver a simplicidade tem que se ter vivido a complexidade e a arte nasce aí…  a arte é uma criação sem compromisso, a arte apenas é, como a simplicidade.

Ser simples não é ser simplório.

Ser simples é uma atitude que nasce no coração do intelecto.

 

De uma simples embalagem de cândida e uma bacia de ágata nasce um vaso de flores- arte conceitual.

 

De um brinquedo vintage, anos 50, acomodado numa caixa de acrílico nasce um objeto de arte conceitual- Toy Art

 

 

Ambiente com misturas de móveis de Design e clássicos repaginados com olhar afiado na arte e no garimpo de peças únicas. Misturar antiguidade, design e peças simples com olhar apurado.

 

 

Jarra de prata antiga usada como vaso.

 

 

Garrafas de vinho verde usadas como vaso solitário.

 

 

Peça de design Philippe Starck, ágata e cerâmica pintada a mão.

 

 

Garrafas de vinho branco usadas como castiçal misturadas a um candelabro de cristal.

 

 

Uma tela acadêmica catalogada misturada a pequenos tesouros garimpados em feirinhas e livros de arte,alem de um leque comprado nas calçadas de Barcelona.

 

 

 

Bule herdado da minha mãe e usado como vaso de flores, rosas que eram suas flores prediletas!

 

 

Postado por: neza Comentários: 0 Tags:
terça-feira, 16 de outubro de 2012

Tsa Tsa Wall… pode ajudar!

 

 

A vida moderna aonde tudo é Fast tem seus encantos mas tambem tem ali uma enorme armadilha.

Há muito tempo atrás, acho que  inicio dos anos 80, li um livro chamado A Arte de amar, do Erich Fromm que me pegou forte num parágrafo  e que me pega até hoje…

Dizia que o homem moderno inventa  a todo momento , máquinas para nos fazer gastar menos tempo, porém… o ser humano não sabe o que fazer com o  tempo que ganhou…

Interessante que eu li e pensei muito a respeito… `a 32 anos atrás!!!  e agora??? o que acontece ????

Vivemos num universo FAST… tudo é fast!!  Fast food, fast fashion… fast read… as pessoas não tem tempo para nada, estão  sempre estressadas e querem resolver tudo rápido.

Não escutam e não reconhecem nada que fuja de suas vitrines Padrão!

Hoje, se a pessoa tem insonia, desconforto emocional, medos… insatisfação interior, stress, transtorno de  humor e  muda como uma folha ao vento, raiva… e blá blá blá !!!

Resolve tambem com rapidez ,  como?

Infelizmente,  uma grande maioria, toma remédio e daí … dorme bem, fica mais tranquila, mais estável!!! Que maravilha.

Mas, a que custo???

Por que não gastar mais tempo consigo mesmo e com significado? Por que não buscar dentro de si mesma aquilo que te irrita no outro ou nas circunstancias da vida?

Por que não escutar e experimentar aquilo que nem sequer se deu a oportunidade de ter a experiencia e já está rotulando disso ou aquilo?

Por que perder  tantas horas em uma  vida virtual, em relacionamentos virtuais  e não reais ou de frases bonitas  e de efeito ?? Viver como caçadores de elogio e não gastar algum tempo realmente, com uma prática significativa que pode realmente trazer melhorias para sua vida?

Por que seguir a onda de todos e não escutar o seu coração?

Por que só enchergar o que é obvio ?

Por que viver na superficie, sempre?

Por que nåo se aprofundar, ao menos… as vezes, para começar?  ou ….para variar?

Por que não olhar e se deixar enxergar por  algo que é novo?

Então… podemos começar pela Tsa Tsa Wall, uma reliquia delicada no Decor!

Em  uma das vezes que estive em Barcelona, descobri a Casa del Tibet e virei habitue do lugar… pela energia refinadamente boa e pela beleza.

Tudo lá me encantava e foi ali que vi pela primeira vez uma parede inteira de nichos com  pequenos Budas inseridos, que mais tarde descobri que o nome daquela lindeza era  Tsa Tsa Wall.

Tsa Tsa são estatuas budistas feitas de gesso e apesar de ter uma forma, cada uma delas é diferente, pois são preparadas artesanalmente, segundo as tradições seculares do Budismo Tibetano, podendo apenas ser confeccionadas, por monges e Lamas,  em materiais e reliquias sagradas que só os Lamas tem ascesso.

Por que ter? Alem da beleza intrínseca, ela traz para o local aonde está  a leveza da bondade genuína e da benção pura e intacta pois foram consagradas para emanar bençãos de paz a todos aqueles que a contemplarem. Imagina então, aqueles que tiverem em suas casas?

Como o próprio Buda ensinou,  em todos os momentos em que tivermos a oportunidadede  de ver estátuas e imagens sagradas como as Tsa Tsas, seremos preenchidos de marcas positivas.

Por experiencia própria, sei a diferenca que faz para o lugar aonde estiver pois tive a oportunidade de compra-las.

A boa notîcia é que podemos compra-las aqui no Brasil e em São Paulo.

O link é www.facebook.com/TsaTsaWall  ou p solicitar o seu orçamento no email tsatsawall@gmail.com

Assim, sinto que realmente consegui compartilhar, a preciosidade que é a oportunidade de  poder ter ou dar a alguem querido, uma  Tsa Tsa Wall, que pode ser pequenina ou do tamanho de uma enorme parede!

Com amor, Neza

 

Na Casa del Tibet em Barcelona… Toda a parede… Tsa Tsa Wall!!!!

 

No programa do Ronie Von, lá atrás, sobre a lareira em laca beaujaulais,  quando fiz o cenário….

 

Uma pequenina no living de nossa casa mas que já estamos preparando para uma parede inteira…….

Postado por: neza Comentários: 4 Tags:
quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Adoro uma tinta!

O tempo passa tão rápido que as vezes tenho medo de ficar para trás… mas é incrivel, as vezes olho no relogio e faço algo rapido ou apenas fecho uma reunião e vejo que meia hora passou…assim, num piscar de olhos.

Neste ritmo já se passou um mes e amanhã já estamos desmontando o cenário do Ronnie Von, que aliás eu gostei tanto do resultado que resolvi copiar as cores para minha casa com mais algumas interferencias…. e já comecei!!!

Hoje …quando acabei minha aula de yoga e  rodopiei  até o living para checar a pintura,  meu ser interior transbordou de alegria quando olhei para aquela cor azul turquesa com um pé no verde dos mares intensos !!!!

Parei ali e  me permiti ficar … no agora, regozijando pelo momento gostoso do meu dia!

Já vou contar que a tinta é lukscolor e o codigo é LKS 2166, a mesma que eu pintei o cenario do Ronnie, divirtam-se por que é de presente para voces, meus queridos leitores…kkkk

A parede da lareira pintei de vinho mas este tom mais feliz que tem o magenta lá, escondidinho e que faz a diferença, por isso  eu apelidei esta cor de beaujolais, e  ela é tambem lukscolor LKS 468.

Ests duas cores juntas formam um perfeito equilibrio pois o azul / verde é cor fria e o beaujolais é cor quente. Já na parede que começa ainda no living fazendo esquina com a cor vinho do canto lareira e continua pela galeria de entrada da casa eu resolvi usar o melancia fazendo assim um degradèe de cor…  como uma flor nascida na  natureza ou pinceladas de uma tela de arte… assim a cor flui pelo ambiente , não fica dura!

Calma … calma, o codigo é LKS 474.

Lá atras , no cantinho de musica com aqueles rasgos de vidro eu escolhi o verde escuro das folhagens da mata ou do jardim, assim vou construindo um ambiente harmonico inspirado na natureza que é perfeita,  sem as regras do mundo mundano de ter que combinar. Quando agente escuta a intuição agente se liberta e com uma pitada de bom senso e bom gosto as cores passam para um outro plano , maior… aonde a arte e o design se sentem em territorio acolhedor.

Agente sai da vitrine de loja, das tendencias e se trasforma em pura inspiração…  assim é o estilo, a identidade, a atitude!

Dentro deste mundo , aquele amarelo do passado que ficou ali e  que parecia desconectado se transforma em aliado… mais até, se trasforma naquela estranheza típica daquilo que é  precioso.

Muitos beijos, com amor

Neza

Ah! o verde da mata é LKS 2165 e em seguida vou postar as cores no

 


 

Postado por: neza Comentários: 7 Tags: