segunda-feira, 5 de março de 2012

Aproveitar o poder do agora!

Lidar com a Realidade não é nada fácil mas é fundamental !

Percebo cada vez mais o quanto é importante agente olhar para a nossa vida tal como ela é… sem dourar a pílula e  tirar do que temos naquele momento, o melhor !!! Compreender o por que das contrariedades e aproveitar a lição.

Sonhar é preciso mas para realizarmos nossos sonhos temos que olhar para nossa realidade e compreender que existe um tempo para tudo, por isso usar a paciencia como aliada. Planejar  aonde queremos chegar  e com estrategia, montar um plano de ação bacana, real e de acordo com o Dharma, ou seja, um plano do ” Bem ”

Uma pessoa impaciente nada mais é do que uma pessoa que não sabe sofrer. Assemelham-se as crianças que quando são contrariadas minimamente começam a berrar! Um ser maduro, aprende a sofrer e a entender que o sofrimento faz parte da vida e vem para nos ensinar… mostrar alguma coisa que ainda nåo aprendemos… e assim será, sempre,  um ensinamento atras do outro, para que possamos crescer, evoluir!

A pessoa que se põe como vítima, nunca evolui por que ela sempre fica procurando um culpado para seu sofrimento, ao invés de olhar para si mesma e perceber que somos nós que causamos tudo em nossa vida. Olhar para si mesmo verdadeiramente, requer coragem mas nos livra daquele lixo incomodo que carregamos e que só nos atrapalha em tudo.

SaiBaba disse que  ”A alegria é um intervalo entre duas dores”… me lembro de quando li isso pela primeira vez  e fiquei abismada, foi a doze anos atrás… Hoje, acho uma verdade poética!

Acredito que a grande sabedoria mesmo é vivermos em harmonia com a realidade, tanto quando ela for cruel ou doce, nåo importa, agente continua na mesma cadeia de energia, ou seja, ficamos e escolhemos pela paz!

Um pequeno exemplo desse aprendizado  aconteceu  em uma viagem que fizemos a Salvador e alugamos uma casa numa praia a 50 km da cidade e 5km da praia do Forte, um lugar de natureza exuberante e alugamos a casa sem ver , apenas por foto e por fora… inserida naquele lugar Divino!!!!

Quando chegamos lá, eu quase desmaiei pois a casa nåo era simples como havia sido descrita, por que eu ADORO a simplicidade, acho chic…  vcs sabem disso,  mas esta casa estava  largada, sem trato, sem amor… mas tinha potencial!

Tudo estava errado lá. As luzes eram fluorescente, sem magia nenhuma… parecia um escritorio. Os móveis estavam em posições erradas  aonde nåo se aproveitava a vista que era o grande lance da casa pois ela era praticamente de frente p o mar (havia um terreno vazio ao seu lado direito que era de  frente  para o mar!!!!)

Todos os muros da casa estavam descascados e manchados dando uma ideia de destrato e decadência além de postes de luz  da casa caindo  aos pedaços.

O chuveiro interno, nem vou contar.. hahahah e o de fora nåo funcionava direito pois faltava uma pecinha muito simples que ninguem ali trocava, pelo jeito a muuuito tempo.

Pensei… isso é o que tenho agora. Essa é a minha realidade, tenho poucos dias para curtir  e eu escolho ser feliz, então… meu marido e eu olhamos para o que tinhamos de melhor ali  e o que poderíamos mudar no que tínhamos de pior sem gastar demais e fomos a luta!!!!

Nos  divertimos bastante trabalhando em pleno carnaval nesta amada Bahia que eu ADORO!

Em em  um dia, compramos cal e pó xadrez colorido, alguns copos bonitos de vinho e champagne que faltavam, dois bools para comer frutas no cafe da manhã e novas lampadas para a casa.  Tambem compramos a peça que faltava para o chuveiro ao ar livre,  jorrar agua …. ebaaaa!!!

O caseiro era ótimo e sabia fazer de  tudo, além de ser educado e discreto.

Ele mesmo pintou todos os muros e um mirante que transformamos,  com colchões e almofadas em um lugar super especial como um pagode tailandes… era lá que agente rezava, meditava, descansava depois do almoço com uma brisa maravilhosa e uma vista do mar com degradees  de tons de azuis e verdes deslumbrantes…. alem de contemplar as milhares de estrelas que acendiam o céu ao anoitecer… que delicia!

Quando trocamos o lugar dos móveis, tudo ficou  muito mais aconchegante e gostoso na casa,  com a mudança da mesa de jantar , começamos a tomar  cafe da manha e almoçar  olhando para o mar!! Um deleite…

Assim… agente alem de curtir cada minuto de nossos dias lindos e quentes de verão … deixamos nosso amor estampado naquela casa que nos deu tanta paz e tranquilidade!!!

Aquilo sim,foi um ato de amor construido. Construido pela verdade, aceitando a realidade e regojizando pela natureza e por tudo que pudemos mudar… para melhor!!!

Com amor, Neza

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Postado por: neza Comentários: 12 Tags:
quarta-feira, 21 de setembro de 2011

a Vida é Bela!

São   tres horas da tarde, tenho inumeras tarefas importantes e urgentes a fazer, acabei de voltar para o escritorio e me pergunto??? O que eu quero fazer , de verdade? ….e a resposta vem imediata: ESCREVER!

Deixo tudo para depois e me entrego aos meus leitores saudosos e a minha saudade deles!

Acabei de voltar do Shopping Iguatemi , fui de encontro as vitrines que acabavam de ser feitas na Le Lis Blanc!!

Sim, por que fui contratada pela empresa para fazer o Conceito de Cor das vitrines da marca para o lançamento da coleção de verão- alto verão…. projeto realizado na Mega Store, assim eles chamam a loja do Iguatemi e que será repicado nas …acho que, setenta lojas do Brasil todo.

Ver um projeto realizado, para mim sempre me dá grande felicidade e a  imensa sensação de que ficou melhor que eu esperava… incrível, mas é verdade!

Mas hoje… foi alem disto.

Foram muitas emoções juntas, afinal fui sócia da Traudi Guida, aquela que é a mãe da marca, aquela que iniciou tudo ali…

 

Nós duas fomos as criadoras e sócias da Workout, uma marca que fez um sucesso absurdo nos anos 80 !!!

Fomos capa de Veja SP, saimos no Jornal Nacional com nossa loja do Iguatemi com uma fila enorme, que virava esquina…. de pessoas esperando para comprar! A marca workout que era um tenis pisando… foi um marco e pioneira  na época em que o  moleton virou estilo e não só roupa para fazer esporte.

Agente trabalhava muito mas era tudo divertido, alegre e fomos crescendo….ganhando dinheiro, bastante dinheiro para uma  jovem, antes dos trinta anos …  eu era criativa demais e a Traudi tambem mas cada uma em sua excelencia.

Eu, na criaçaõ das coleções e ela na criação das vitrines juntamente com a Eliane nossa vitrinista e tambem cuidava  da  area comercial. O Antonio Carlos, era o financeiro e tudo fluia de forma tranquila .

Fazíamos uma bela dupla… mas nos separamos, na época eu nem entendia bem o por que mas tambem nem pensava nisto. Hoje, não sei por ela, mas por mim, percebo que eu era uma pessoa infantil e apesar de alegre e simpática, era orgulhosa e impaciente, ou seja, raivosa!

Deve ter sido difícil me aguentar… rs rs !!!

Na época, jamais poderia enxergar isto em mim…mas hoje consigo.

O Orgulho é muito difícil de ser descoberto por que ele nos blinda. O fato de sermos amorosos, legais, artistas …não significa que sejamos humildes em nossa essência.

Naquela época eu era jovem, rebelde  e muito  bem sucedida  que  confundia ” ser irreverente ” com ” ser  humilde ”

Eu era doce e insuportável em fração de segundos, ou seja, uma bela de uma bi- polar como se rotula hoje as emoções em desiquilibrio, mas eu sofria e muito por que minha essencia era boa mas meu temperamento era irado, então…  quando eu agia de forma inadequada ficava péssima e tentava presentear a tudo e a todos pelo perdão imediato.

Carente,  eu vivia presenteando o mundooooo!!!! Com toda sorte de presentes caros e raros…

Adorava aparecer nas festas esnobes que eu apelidava de careta…  de macacão jeans e cabelo molhado, achando que era simples… muito fácil colocar um macacão jeans enorme que vinha de Londres, de uma loja mega conceituada, lavar meus cabelos com os shampoos mais caros comprados sempre em Paris , nada de jóias… quer dizer, …  só  um  relógio, rolex de ouro e  a abóbora que me levava era um Porche vermelho, conversível!

Vivia no mundo dos Deuses, não ouvia o que as pessoas diziam… ia para as festas, era simpática com todo mundo mas não escutava e nem via ninguem. Gastava dinheiro sem piscar e comprava compulsivamente , não tinha controle nenhum sobre os desejos.

Sempre rodeada de amigos costumava dar festas maravilhosas,  principalmente quando ficava triste e  buscava na distração dos prazeres mundanos a alegria e a felicidade imediata.

Muito sofrimento interno, uma insatisfação disfarçada … comprava , dançava, viajava e  a felicidade momentanea…fugaz vazava , ia para o ralo. Nada me satisfazia plenamente e não sabia lidar com a adversidade, ficava furiosa.

Assim fui eu por muito tempo … até me despertar para o amor divino que existia em mim, quando fui para a India pela primeira vez e o Avatar Sri Sathya Sai Baba me olhou !! Daí… eu descobri quem eu era na verdade.

Ele tem este poder , de nos acordar.

Percebi meu ser divino que habitava dentro de mim, vi que eu  era doce e senti a verdadeira felicidade … a paz absoluta! Apenas descobri isto, sim …  por que quando voltava para o Brasil e saía de sua órbita, esta clareza mental, esta paz absoluta ia se tornando quase um sonho e  tive que compreender que dali eu teria que trilhar um novo caminho, completamente novo, como nascer de novo…   e foi assim que fiz e faço diariamente, com disciplina e com a ajuda de  imensa sabedoria e  grande compaixão  de meu Guru Rimpoche,  que tive a sorte de encontrar aqui no Brasil em São Paulo , o Venerável Lama Kalden Tulku Rimpoche. Entronado e reconhecido no Tibet pelo respeitado Venerável  Lama Dema Gonza Rimpoche.

Bom, tudo isto para falar que hoje quando vi aquela vitrine tão linda, aquelas cores tão perfeitamente harmonicas e belas ali …. viajei no tempo  e confesso que fiquei contente com todas as dificuldades que passei , todas as dores que sofri, todas as lágrimas que derramei por que agora eu olho para tudo , acho bonito e continuo meu caminho… como a lótus que nasce do pantano!

Fiz este trabalho com a equipe de criação do visual das lojas, pessoas lindas e queridas… e tive a grande alegria de reencontrar a Eliane, que era nossa vitrinista na Workout e que continua fiel escudeira da Traudi, que bonito!

Só não encontrei a Traudi em pessoa mas a encontrei em meu coração e por isso hoje, depois de sair de lá … em meus devaneios , senti um amor enorme por esta linda mulher, que foi minha sócia um dia  lá atrás aonde nos divertimos muito mas tambem pedi perdão pelo tempo em que possa te-la  aborrecido de alguma forma….em algum momento.

Com amor, Neza

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Querida equipe de criação da marca Le Lis Blanc e eu !! Só faltou o Tonico que esta em Nova York e a Eliane vitrinista que fugiu da foto.......

 

 

 

 

Postado por: neza Comentários: 11 Tags:
segunda-feira, 25 de abril de 2011

Fazendo de uma bobagem um grande evento.

Tenho uma  cunhada querida que gosto de chama-la de irmã gêmea… esta brincadeira começou com ela mesma e tem a ver  com histórias nossas… de pratos iguais, que eu adorei e  adotei , então… adoro chama-la de irmã gêmea!!!

Ela, minha irmã gêmea, descrevendo a mamåe,  disse uma grande verdade a seu respeito, que  ela fazia de uma bobagem, um grande evento!

Encontrar a felicidade nas pequena coisas, nas coisas simples da vida é uma arte e esta foi uma grande herança que ela me deixou…

Estar presente na vida, olhar para si mesmo e perceber o que se passa com agente é algo tão poderoso… perceber que a felicidade estå ali, junto de nós, naquele momento mågico e simples!!! A riqueza está em saber aonde agente está e o que estamos fazendo, só isso!

Valorizar o  que a vida nos oferece e regogizar, literalmente!

Escuto pessoas queridas, praguejando por  qualquer bobagem e penso… mas será que não podem enxergar tantas outras coisas boas que acontecem em suas vidas???

Vejo desperdicio de energia por bobagens e falta de energia para pequenas coisas que lhes traria felicidade… como acordar cedo num  fim de semana nas montanhas, se abrir para o novo, para uma nova atitude… aproveitar  o silencio inédito da natureza e ouvir seu coraçåo, se jogar nas águas geladas do rio ou da cachoeira e sair do medo, tirar os sapatos que protegem seus pés e caminhar… com os pés descalços pelo mato, pela terra… vestir qualquer coisa confortável e nem se olhar no espelho… não se programar e viver o que a via vai oferecendo!!  Experimentar este… estar aberto ao universo pelo menos por uns dias de feriado, por que nåo?

Por que as pessoas que moram nas grandes cidades partem para o interior ou para as montanhas e continuam grudadas em seus celulares, iphone, blackberrys, ipad?? Por que elas preferem ouvir suas mesmas musicas de sempre no ipod  enquanto caminham nas montahas ??  Nåo seria genial se elas trocassem seus ipods pelo som das cachoeiras, que se impõe ao silêncio da natureza  ou ao canto dos passaros diversos e variadissimos????

Ah!!!! que delicia estar livre de coisas e itens que nos escravizam e nos levam a ignorância… nos tira a sabedoria!

Prefiro ser  aquela que faz de uma bobagem, um evento!

Meu evento do momento é nossa hortinha  que depois de 2 anos na teoria está finalmente nascendo… a área já está preparada e fofa, o morões eståo enterrados, os arcos para a cobertura já estão lá e a tela  solar  para cobri–la já foram compradas e eståo aqui… que delicia!!!!

Amanhã vamos acordar cedo por que temos muito trabalho no nosso último dia por aqui, antes de voltarmos para Såo Paulo. Estou muito feliz e doida para chegar amanhã….

De verdade, ja estamos comemorando a cada passo dado… mas amanha sera o Grand Finale!!!!

Viva !!!!!!!!!

Com amor, Neza

Postado por: neza Comentários: 8 Tags: