sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Voltando para o Brasil

Saí de Whitefield sozinha, mas não solitária, estava com o coração cheio de amor divino, com vontade de encontrar a todos e poder passar para aqueles que estivessem abertos todo este amor especial que tive a graça de receber.
Minha maior preocupação era de como guardar esta energia e faze-la crescer, dentro de meu coração para continuar naquele estado de graça que me encontrava.
Bom, parece que minha intuição estava afiada mesmo por que confesso que esta preocupação foi e é até agora a parte mais dificil.
Sai Baba me acordou e me fez sentir na pele literalmente que a paz e a bem aventurança existem e é maravilhoso viver assim. Nada se compara a ter um coração pacífico, a não sentir raiva, a compreender o próximo, a viver em harmonia.
Mas lá ao lado Dele foi muito fácil sentir tudo isso para mim… mas e agora???
Dificil mas não impossivel, desde então tenho buscado a manutenção do que aprendi e senti.
Voltei para a India três meses depois e fiquei mais um bom tempo lá, só que em outro asharam de Sai Baba, o de Puttaparthy, que é maior e com uma rotina um pouco diferente mas de igual paz e grande aprendizado.
Leia mais

Postado por: Neza Cesar Comentários: 1 Tags:
segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

A energia do amor é a maior e mais poderosa de todas as energias

Resolvi contar uma coisa MARAVILHOSA que me aconteceu, dentro de muitas outras que vivi em meu retiro com Sai Baba.
Infelizmente meu tempo estava se esgotando… em dois dias partiria para uma longa jornada até o Brasil.
Consegui um passe especial pois estava indo embora no dia seguinte, peguei um lugar muito bom embora não era aonde Swami costumava passar; pelo menos não passou por todo o mês que estive lá…. e tambem não tinha o tal tapete azul que marcava por onde Sai Baba passava.
Ele sempre fazia o mesmo caminho, todo dia a mesma coisa, então eu sabia que não conseguiria entregar minhas cartas em suas mãos, mas mesmo assim, estava feliz pois poderia vê-lo muito perto.
Quando Ele começou a sua caminhada e passou pelo corredor central perto de onde eu estava (num corredor transversal) minha emoção ficou imensa e lágrimas de felicidade escorriam!!!!
Meu coração se encheu de amor divino… a energia que Sai Baba emana, é tanta, que parece que Ele mexe com nosso mais íntimo sentimento.
Ele passou e se foi…. pelo grande corredor central e eu sabia que dali Ele iria para a ala dos homens (do lado oposto ) e que de lá, já não podendo encherga-lo, Ele iria embora.
Então, fechei meus olhos e senti sua energia divina!!!! Falei com Ele mentalmente pedindo pelas minhas íntimas coisas e pelas pessoas que haviam me dado suas cartas no Brasil para que eu entregasse a Sai Baba, lógico, se tivesse esta oportunidade que é rara.
Estava ali, absorta por sua energia de amor quando de repente, abri meus olhos e Sai Baba estava ALI!!!! voltando pelo corredor central, caminho que Ele jamais tinha feito desde minha chegada. Entrou pelo meu corredor e parou na minha frente!!!!!!!
Lá estava Ele, sorrindo!!! Olhando fixamente para mim, em meus olhos. Fiquei paralizada, não conseguia me mover, nem sequer mover meus braços. Só chorava de felicidade, uma alegria jamais, digo jamais, experimentada em minha vida. Um calor enorme tomou conta de meu corpo, um calor como fogo. Tal é a energia de Swami e não consegui entregar as cartas, fiquei com elas no meio de minhas mãos em posição de prece olhando para seus olhos amorosos, paralizada… e Ele se foi…
As cartas foram abençoadas com certeza.
Fiquei ali parada, Ele se foi e eu fechei meus olhos e entrei em meditação imediatamente; nem sequer pensei em mantra ou qualquer outra regra. Fui embora… minha mente ficou vazia, só luz!!! Fiquei lá muito tempo, mais de horas, sei lá… com aquela energia maravilhosa. Estava no céu, literalmente, que presente!!!! Já poderia voltar e sabia que havia cumprido uma missão ali e jamais, JAMAIS, seria a mesma. Sabia que era uma nova Neza e sabia que não estava só. Tinha um pai divino em Sai Baba.
À noitinha, a mãe do dono do Hotel que eu estava, fez um jantar de despedida para mim, delicioso…. convidei a Francine e fomos servidas com muito amor e educação em meu quarto.
Um jantar indiano!!!!!!

mail

mail-1

Postado por: Neza Cesar Comentários: 0 Tags:
domingo, 8 de fevereiro de 2009

Whitefield

Whitefield,16 de janeiro de 2001.

“Meu aprendizado está sendo tão grande que mal posso me expressar, só agradecer à Baba e à India.”
Neza.

“Depois de servir café da manhã para uma montanha de pessoas, corri para a fila de espera para o Darsham, e peguei um lugar péssimo, lá atrás, última fila, fiquei lá fora e aceitei. Estou aprendendo a aceitar, a desapegar, a não querer controlar tudo do meu jeito. Fiquei ali esperando a minha vez sem nenhuma ansiedade, quieta!! meditei, li meu livro, e quando minha fila foi escolhida, aceitei. Nem podia ver Baba… de repente, vi que as pessoas começaram a se virar e um burburinho começou… quando abri meus olhos, lá estava Swami, na minha frente (eu era a primeira da fila de fora) Olhou para mim, fortemente, e eu senti seu olhar, seu amor incomensurável e mexeu com as mãos. (dizem que quando ele mexe com as mãos, ele está trabalhando nossos karmas) que alegria!!! Como é bom confiar! ”
Neza cesar.
Leia mais

Postado por: Neza Cesar Comentários: 0 Tags: